Pioneiro do surfe no Brasil nos anos 1970, Rico de Souza é tema de documentário

Surfar é coisa de Rico

10ª Dica: “Surfar é coisa de Rico”

Conheça a trajetória de Rico de Souza, surfista multicampeão de surfe e longboard nos anos 1970 e 1980. Ricardo Fontes de Souza começou a surfar mais de vinte anos antes de Gabriel Medina ter nascido. Na época, o esporte ainda era considerado “hobby” e, por muitos, coisa de “vagabundo maconheiro”. Foi ele também quem criou a primeira escolinha de surfe do Rio de Janeiro e ainda uma oficina de pranchas. Com direção de Guga Sander, em entrevista feita para Trip Tv, ele conta que o primeiro desafio surgiu logo no início da produção, que demorou dois anos e meio para ser concluída. “Não tínhamos nenhum registro bibliográfico para usarmos como base para criar a narrativa inicial do documentário, então tive que fazer várias entrevistas com o próprio Rico.”

Rico de Souza: “A coisa mais legal não foram os campeonatos que eu ganhei, mas os amigos que eu fiz nos quatro cantos do mundo”. Visionário e empreendedor, ele foi um dos principais responsáveis pela profissionalização e massificação do esporte no Brasil e hoje administra sua própria marca:

 

Por: Marcelo Soares

Produzido por: Loja de Esportes