WSL – “Brazilian Storm” marca vitórias no Oi Rio Pro 2015 na Barra da Tijuca

 

WSL / Kelly Cestari

WSL / Kelly Cestari

Começando com uma má previsão de ondas para o Postinho na Barra da Tijuca, os brasileiros: Adriano de Souza, Gabriel Medina, Jadson André, Italo Ferreira e Wiggolly Dantas avançam para a próxima etapa.

O atual líder do ranking mundial, o brasileiro Adriano de Souza sobrou na sexta bateria. Acertando bem suas manobras e tubos, ele fez um belo desempenho e encerrou com vitória em cima do australiano Kai Otton e o convidado David do Carmo.

Gabriel Medina teve sua bateria com poucas ondas boas, mas conseguiu uma pontuação de 5.33 e 7.00 para vencer o havaiano Freddy Patacchia e o brasileiro Alejo Muniz, que substituiu o taitiano Michel Bourez que se machucou e não pode continuar na etapa.

Já no quinto duelo, Italo Ferreira não brincou e partiu pra cima do australiano Mick Fanning e do compatriota Alex Ribeiro, convidado por ser o melhor atleta fora da elite mundial no ranking do Qualifying Series.

Jadson André não fez diferente e conseguiu vencer o australiano Mick Fanning e o havaino Dusty Payne encerrando com uma pontuação de 11.04.

Natural de Itamambuca (Ubatuba, São Paulo), Wiggolly Dantas surpreendeu e ganhou da promessa havaiana John John Florence e o norte-americano CJ Hobgood que vão ter que passar pela repescagem para continuarem vivos na prova.

Foto: WSL / Kelly Cestari.

Por: Marcelo Soares

Produzido por: Loja de Esportes